quarta-feira, 11 de junho de 2014

Especial Dia dos Namorados - Uma história de muito AMOR

Oi meninas,

Hoje é dia dos namorados e eu queria contar pra vocês uma história emocionante que mostra o que é o verdadeiro amor! Essa é a história de um casal muito importante pra mim, são pessoas que eu admiro e que influenciaram diretamente na minha criação e na pessoa que sou hoje. Além de se amarem, eles amam o próximo e são um exemplo de vida! Essa é a história dos meus avós, tirem o melhor dessa história para a vida de vocês!



Meu avô se chama Vicente e saiu de Diamantina-MG,e a minha avó se chama Maria Selma mas é conhecida como Selma e saiu de Felixlândia-MG,ambos vieram pra Sete Lagoas-MG e moravam na mesma pensão, mas não se conheciam. A vida dos dois se cruzaram em um momento muito difícil na vida da minha avó e talvez isso tenha dado a base de uma vida inteira.



Minha avó já tinha uma filha, a Adriane (que é a minha mãe), e a minha mãe ficava na pensão enquanto a minha avó trabalhava e por incrível que pareça a minha mãe conheceu o meu avô antes mesmo da minha avó. Minha mãe e meu avô se tornaram amigos.



Certo dia minha avó decidiu que mandaria a minha mãe pra Felixlândia pra morar com a minha bisavó, pois a minha mãe só tinha 3 anos e uma pensão não era um ambiente adequado para se educar uma criança. A chefe da minha avó a liberou mais cedo, e ela chegou em casa e abraçou a minha mãe e começou a chorar perdida nessa situação. Foi quando o meu avô chegou na pensão e se deparou com essa cena! Minha mãe inocente, ainda disse: "Cente, mamãe tá chorando porque eu vou morar com a vovó!". Nesse dia eles se conheceram e se tornaram grandes amigos! Isso se passou no ano de 1969!



No dia 12/06/1970 meu avô escreveu a carta abaixo para a minha avó:

A minha querida Selma
Pedindo a Deus que esta data tão significativa venha solidificar ainda mais
o nosso amor. Aproveitar para manifestar mais uma vez a minha
solidariedade pelo transcorrer desta data.
Mas Selma se um dia o destino vier nos separar, tenha essa simples rosa
como recordação de quem sempre te ama.
Vicente Luciano 12-06-1970






Segundo a minha avó essa carta marcava a descoberta de que aquela amizade se tornara AMOR!

Meus avós se casaram e estão juntos à 43 anos, tiveram mais 3 filhos biológicos e 2 de coração,8 netos e 2 bisnetos, e eu perguntei a eles qual era a receita pra um relacionamento tão sólido e duradouro. A resposta foi simples: A BASE DE TUDO FOI O AMOR!




O relacionamento começou com uma amizade sincera, onde se conheceram e se descobriram, qualidades e defeitos, altos e baixos ... A cumplicidade, a confiança, a aceitação e amor sustentaram e continuam sustentando esse casal até hoje e é neles que eu me inspiro!

Fica aqui a minha singela homenagem pelo dia dos namorados, aos meus avós e a todos os apaixonados!

Espero que tenham gostado!
Feliz dia dos Namorados e até o próximo post!



Extra:

Vô - O senhor não é o meu avô de sangue, mas o amor que eu sinto pelo senhor vai além disso! Eu te amo como um pai e o senhor é muito importante na minha vida!

Vó - A senhora é uma guerreira e um exemplo de mulher! Eu te admiro e te amo muito, obrigada por tudo!

Eu amo vocês!

5 comentários:

  1. História sensacional!!! Muito bonita a carta

    ResponderExcluir
  2. Historia Linda,adorei.É uma prova que o amor existe. wishneverends.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Ai que linda essa história, me emocionei demais!Obrigada por compartilhar conosco!beijos
    http://www.vanessaquirino.com.br/


    ResponderExcluir